domingo, 29 de março de 2015

Ex-delegado da Polícia Civil de SP aparece com US$ 194 milhões no HSBC

Detetive e concessionários de serviços públicos no Rio também tinham conta na Suíça
Cento e noventa e quatro milhões e novecentos mil dólares. Este é o saldo que, segundo o HSBC da Suíça, constava na conta relacionada ao delegado aposentado da Polícia Civil de São Paulo e empresário do ramo de segurança Miguel Gonçalves Pacheco e Oliveira entre os anos de 2006 e 2007.
Mesmo com esse valor guardado nos cofres de Genebra —o que faz dele um dos dez brasileiros com mais dinheiro no banco suíço—, Oliveira não abriu mão de brigar na Justiça por uma aposentadoria mais robusta. Nos últimos anos, entrou com pelo menos oito ações para pedir revisão de seus vencimentos. Ganhou em parte delas e recorre naquelas em que perdeu. De acordo com o site de transparência do governo de São Paulo, ele recebe R$ 10 mil líquidos pelos serviços prestados à Polícia Civil.
Levantamento feito pelo UOL em parceria com o jornal “O Globo'' encontrou Oliveira e outros quatro servidores públicos ou de concessionárias de serviços públicos na lista de 8.667 correntistas do HSBC da Suiça. São eles um inspetor da Polícia Civil do Rio de Janeiro, um engenheiro da Secretaria Municipal de Obras carioca, um conselheiro da concessionária do Aeroporto de Cabo Frio e um ex-diretor da antiga concessionária do metrô do Rio, a Opportrans.
Todos os citados que foram localizados negaram ter contas no banco suíço, assim como qualquer irregularidade financeira. Oliveira não respondeu aos pedidos de entrevista.
Ao longo de sua carreira, Miguel Oliveira foi delegado-assistente do Departamento de Polícia Judiciária (Decap), órgão responsável pelas 93 delegacias da capital paulista. Como parte de seu trabalho, chegou a ser enviado a Miami e a Nova York para conhecer algumas experiências de combate ao crime organizado.

APARTAMENTO E CARRO DE LUXO
Em 1998, ele virou notícia pela primeira vez —numa meticulosa reportagem deMario Cesar Carvalho— por conta dos bens e imóveis que possuía e pelo fato de, apesar de estar na ativa, ser dono de duas empresas privadas de segurança: a Vanguarda Segurança e Vigilância e a Nacional. A reportagem descreveu uma rotina de luxo, que começava num caro apartamento no bairro dos Jardins e que incluía um automóvel Volvo preto.
Além de delegado e empresário da segurança, Oliveira também teve incorporadoras. De 1994 a 2003, foi dono de pelo menos três: a MGPO, que fazia “locação, arrendamento, loteamento e incorporação de imóveis”, a Ibiuna Marina Golf Club, que construiu condomínios de luxo em Ibiúna (SP) e a Esplanada Pinheiros Empreendimentos Imobiliários. Em 2011, migrou para o setor de limpeza, fundando a Interativa Service.
Oliveira também tem também muitos imóveis em seu nome. Em São Paulo são pelo menos 5, segundo pesquisa feita em cartórios da cidade e na Junta Comercial. Um de seus apartamentos fica no prédio da senadora Marta Suplicy no Jardins e é justamente o endereço que aparece nos documentos do HSBC. O imóvel tem 633 metros quadrados e cinco vagas na garagem. Há 12 anos, custou-lhe R$ 1,1 milhão.
Mas esse não é o imóvel mais vistoso do delegado. Em 2010, ele informou à Junta Comercial de São Paulo um endereço na vila suíça de Montagnola, que fica perto da fronteira da Itália. Entre 2010 e 2012, Oliveira morou por lá.
O delegado ainda tem em seu currículo a fundação da ONG SOS Itupararanga, da qual é conselheiro fiscal. Criada em 2000, em Ibiúna, ela tem por objetivo preservar a represa e “ajudar no desenvolvimento sustentável da região”, informa seu site.
Segundo levantamento feito nos documentos do HSBC da Suíça, Oliveira aparece relacionado a duas contas numeradas. A primeira foi aberta no dia 10 de novembro de 2005 e a segunda, em 29 de dezembro daquele ano. Em 2006/2007, as duas estavam ligadas a três empresas offshores, que não apareciam relacionadas a mais ninguém dentro do banco. Trata-se da Hollowed Turf, com endereços na Suíça, em Liechtenstein, Ilhas Virgens Britânicas e Seychelles, da Hallowed Ground Foundation e da Springside Corporation.
Na tabela abaixo, dados sobre as contas de Pacheco e Oliveira e de outros servidores e ex-concessionários de serviços públicos (clique na imagem para ampliar):
Arte
Pelo menos mais um policial aposentado foi encontrado nas planilhas do HSBC: o inspetor da Polícia Civil do Rio Fernando Henrique Boueri Cavalcante. Segundo registros oficiais, ele ingressou na corporação em 1982 e se aposentou há dois anos, como inspetor de quarta classe, o que antigamente era conhecido como detetive. De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis, um agente deste tipo recebe em torno de R$ 5 mil por mês ao fim de sua carreira. A conta relacionada a ele no banco de Genebra foi aberta em 11 de abril de 2000, e o saldo, em 2006/2007, era de US$ US$ 697 mil.

AEROPORTO DE CABO FRIO
Mauro Chagas Bonelli é outro servidor que surge na lista do HSBC. Desde 1986, ele consta como servidor da Secretaria de Obras da Prefeitura do Rio. Ao longo de sua carreira, participou da construção da Linha Amarela e do Parque de Madureira. Entre 1997 e 2000, foi coordenador geral de obras da cidade. Em 2013, trabalhou na reurbanização do entorno do Maracanã, com vistas à Copa do Mundo e aos Jogos Olímpicos. Naquele ano, concluiu mestrado em Engenharia Urbana e Ambiental na PUC-Rio, com uma dissertação intitulada “Sustentabilidade em Obras Públicas: O Caso do Parque Madureira”.
Nos registros do HSBC, Bonelli aparece relacionado a uma conta numerada aberta no dia 14 de dezembro de 1999 e que, em 2006/2007, tinha US$ 105 mil.
Murilo Siqueira Junqueira foi presidente da Flumitrens entre 1995 e 1998. Logo depois, Junqueira passou a trabalhar na operadora Costa do Sol, concessionária que até hoje administra o aeroporto de Cabo Frio. Formada por empresários que passaram por diversas empresas públicas do Estado, a Costa do Sol ganhou a concessão do aeroporto por 22 anos a partir de 2001. Junqueira foi presidente do conselho e presidente executivo do grupo. Hoje atua como conselheiro da Costa do Sol.
Nos documentos do HSBC, ele aparece associado a duas contas numeradas. A primeira foi aberta em 30 de abril de 2003 e ficou ativa até 22 de dezembro de 2003. Em 2006/2007, seu saldo estava zerado. A segunda foi aberta em 14 de março de 2003 e, em 2006/2007, tinha US$ 895 mil.
Hamilton de Souza Freitas Filho foi diretor administrativo e financeiro do Consórcio Opportrans, que era encabeçado pelo Grupo Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas. Em dezembro de 1997, o Opportrans adquiriu, na Bolsa de Valores do Rio, o direito de explorar o serviço metroviário da capital fluminense.
O nome de Freitas Filho surge nas planilhas do HSBC relacionado a uma conta numerada que foi aberta em setembro de 1989 e que, em 2006/2007, tinha um saldo de US$ 10,2 milhões.
 FONTE: BLOG FERNANDO RODRIGUES
VALORES NO EXTERIOR DEVEM SER DECLARADOS
Enviar e manter dinheiro no exterior não é crime. Isso só acontece quando o contribuinte não declara à Receita Federal e ao Banco Central que mantém valores fora do país.
Nesse caso, o cidadão brasileiro pode ser processado por evasão de divisas e por sonegação fiscal. Se tiver cometido outro crime anteriormente, também pode responder por lavagem de dinheiro.
A Receita, o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), a Polícia Federal e uma Comissão Parlamentar de Inquérito aberta no Senado já investigam o caso.

domingo, 22 de março de 2015

Flamengo e Vasco se enfrentam pelo Campeonato Carioca

Neste domingo (22), acontece o primeiro encontro entre Flamengo e Vasco pelo Campeonato Carioca de 2015. O duelo será no Maracanã, às 18h30. A equipe cruzmaltina é o líder da competição com 26 pontos e o rubro-negro aparece na terceira posição com 23 pontos. 
O Clássico dos Milhões, como é conhecido o duelo, tem um grande histórico pelo estadual: são 222 jogos e 591 gols, sendo 305 do Flamengo e 286 do Vasco. Na soma de vitórias, o time da Gávea também leva vantagem com 88 vitórias, contra 73 do cruzmaltino e 61 empates. O Flamengo se classificou para a próxima fase da Copa do Brasil, na quarta-feira (18), contra o Brasil de Pelotas. Com a vitória, os jogadores nem tiveram tempo para descanso e treinaram no dia seguinte para o confronto deste domingo. Para Márcio Araújo, é um privilégio jogar o clássico novamente, já que ele foi autor do gol do título do ano passado. 
XXXX
Já o Vasco vem de uma goleada no Campeonato Carioca: 5 a 1 sobre o Nova Iguaçu. Com uma boa estreia de Dagoberto, o técnico da equipe, Doriva, está motivado para a partida contra o rival. O treinador declarou que é preciso concentração, foco e equilíbrio, pois é um jogo difícil. 
Com dores musculares, Marcinho não atuará no clássico. O atacante Gilberto vem de uma boa fase e, para o treinador, ele vai fazer uma boa partida. 

Flamengo x Vasco

11ª rodada do Campeonato Carioca
Data: 22 de março de 2015
Horário: 18h30
Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Transmissão: Rádio Nacional do Rio de Janeiro
Árbitro: João Batista de Arruda
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos e Jackson Lourenço Massarra dos Santos
Flamengo: Paulo Victor, Pará, Bressan, Wallace e Anderson Pico; Jonas, Márcio Araújo, Héctor Canteros e Gabriel; Marcelo Cirino e Alecsandro
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Vasco: Martín Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Christiano; Pablo Guiñazu, Serginho, Julio dos Santos e Jhon Cley; Dagoberto e Gilberto
Técnico: Doriva

sexta-feira, 13 de março de 2015

A volta da Peste Negra. Casos da doença voltam a assombrar o mundo e preocupam autoridades mundiais

O sinal de alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS) está acionado. Desta vez, não é por conta do Ebola, mas de um possível novo surto da peste bubônica, em Madagascar, país insular da costa sudeste da África. De acordo com um comunicado da OMS, até o final do ano passado, foram confirmados ao menos 119 casos da doença, incluindo 40 mortes. "O surto que começou em novembro passado tem algumas dimensões preocupantes", disse a OMS, na última semana de janeiro. "As pulgas que transmitem esta doença de ratos para os seres humanos desenvolveram resistência aos inseticidas de primeira linha." Os especialistas informam que a peste está se espalhando, principalmente, em favelas densamente povoadas na capital de Antananarivo.
A doença é causada pela Yersinia pestis, uma bactéria encontrada em roedores e transmitida por pulgas. Caso uma pulga infectada pique uma pessoa, ela poderá desenvolver a peste bubônica, que tem com principal sintoma o inchaço dos gânglios linfáticos. Se as bactérias atingem os pulmões, o paciente pode desenvolver a peste pneumônica, o que é mais raro. Caso isso ocorra, a doença é ainda mais perigosa, porque pode ser transmitida entre humanos pela inalação e tosse.
"Caso diagnosticada precocemente, a peste bubônica pode ser tratada com sucesso com antibióticos", disse a Organização Mundial da Saúde. "A pneumônica, por outro lado, é uma das doenças infecciosas mais mortais; os doentes podem morrer 24 horas após a infecção." Pelo menos 8% dos casos podem avançar para a peste pneumônica, disse a OMS.
A pergunta que fica é: será que desta vez a comunidade internacional irá se movimentar rapidamente para conter esse novo surto da peste? Ou poderemos ver o mundo, novamente, em estado de alerta, como aconteceu com o Ebola? O vídeo do especial Pandemia mostra a cronologia desta "epidemia anunciada".

Fonte: History.com

quarta-feira, 11 de março de 2015

Incrível ilusão de ótica..!





Tente focar seu olhar para o centro da imagem e ao final do vídeo mude seu olhar para um outro lugar e veja o que acontece...INCRÍVEL!!

quarta-feira, 4 de março de 2015

Estado Islâmico promete atentado 'como 11 de setembro' na Europa


               Militantes do EI afirmam ter cerca de 6 mil barris de urânio sob seu controle



Grupo jihadista Estado Islâmico (EI, ex-Isis) planeja promover um atentado "como o de 11 de setembro" na Europa dentro de dois anos. As informações foram divulgadas pelo jornal britânico "Daily Mail", citando o primo do ex-ditador líbio Muammar Kadafi, Ahmed.
Ainda segundo ele, neste ano "meio milhão de imigrantes foram para as costas europeias e entre eles se esconderam milhares de terroristas".
Ahmed também disse que os militantes do EI têm cerca de 6 mil barris de urânio em seu poder que estão escondidos em depósitos.




terça-feira, 3 de março de 2015

Ciclone no Brasil...?

video

Um mini ciclone na tarde deste domingo assustou os banhistas na praia de Piedade. Um vídeo publicado na página do Facebook Piedade/Candeias Depressão mostra o momento em que o fenômeno climático teria arrastado vários objetos e a reação das pessoas, que correm aos gritos. Um deles chega a atravessar a avenida e vai parar na piscina de um prédio localizado à beira-mar, de acordo com as imagens. “Um tornado? O mundo vai se acabar? Olha esse pequeno vídeo de um mini ciclone que aconteceu na praia de Piedade na tarde de domingo”, e descreva a publicação.